25 de ago de 2013

E o que fala Arnaldo Jabor sobre o trensalão tucano?


Leonardo Miranda:
É assustador o silêncio sepulcral de Jabor sobre o escândalo do Metrô de São Paulo envolvendo figuras importantes do PSDB (inclusive seu ídolo FHC). O colunista da Globo/CBN conseguiu passar ao largo em seus comentários desde que estourou a crise, mesmo sendo afamado pelas críticas à corrupção e por sua acidez quando fala dos desvios dos homens públicos. Por que a omissão quando se trata de um grave escândalo envolvendo o partido que recebeu seu declarado voto nas duas últimas eleições? Seria conivência ou incoerência com a pregada intolerância contra os malfeitos?



Pois bem, tomei um engov antes e outro depois e constatei o total cinismo do moralista seletivo. Seguem os temas de seus comentários na CBN desde que o grande público tomou conhecimento da confissão da Siemens no esquema.

1º/8 – Fala da retomada do mensalão. Claro que falou do Lula.

2/8 – Comenta o mal uso dos recursos do Fundeb pelos municípios.

5/8 – Discute o “A” do presidentA. Para ele, trata-se de populismo do Lula.

6/8 – Bomba atômica em Hiroshima.

7/8 – Crime em família de São Paulo.

8/8 – Bloqueio de celulares nas prisões.

9/8 – Crimes contra a vida no século 21.

12/8 – ET de Varginha, Dilma e Lula.

14/8 – Quanto maior o IDH de uma cidade, mais difícil a reeleição de um prefeito.

16/8 – Novo filme de Bruno Barreto.

20/8 – Situação na China. Defesa do neoliberalismo.

21/8 – Truques de Lewandowski. Pedido de parcimônia a Joaquim Barbosa.

22/8 – AffroReaggae e UPPs.

23/8 – Situação na Síria.

Agora, tente imaginar se fosse o PT.



A Nova Via - @riltonsp
A Justiceira de Esquerda

Nenhum comentário: