16 de mai de 2013

ECONOMIA CRESCE ACIMA DO ESPERADO



Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado espécie de sinalizador do PIB, avançou 0,72% em março ante fevereiro, fechando o primeiro trimestre com alta de 1,05% ante o período anterior; analistas esperavam alta mensal de 0,70% em março, de acordo com a mediana de 24 projeções...


Kelly Oliveira
Repórter da Agência Brasil
Brasília – A atividade econômica apresentou crescimento de 1,05%, no primeiro trimestre deste ano, na comparação com os últimos três meses de 2012. Os dados são do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período), divulgado hoje (16).
Em março, o IBC-Br apresentou expansão de 0,72% na comparação com fevereiro (indicador ajustado para o período). O crescimento veio depois da queda de 0,36% registrada em fevereiro em relação a janeiro, segundo os dados revisados. Em janeiro comparado a dezembro, houve crescimento de 1,05%.
Na comparação com março de 2012, o crescimento do terceiro mês do ano ficou em 1,16% (sem ajustes). No ano, o IBC-Br cresceu 1,79% e em 12 meses, 0,91% (sem ajustes).
O IBC-Br é uma forma de avaliar e antecipar a evolução da atividade econômica brasileira. O índice incorpora informações sobre o nível da atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária.
O acompanhamento do indicador é considerado importante pelo BC para que haja maior compreensão da atividade econômica. Essa avaliação também contribui para as decisões do Comitê de Política Monetária (Copom), responsável por definir a taxa básica de juros, a Selic.
NOVA VIA

Nenhum comentário: