13 de mai de 2013

REVISTA ÉPOCA ESCULHAMBA LOBÃO - E REDUZ SEU LIVRO A PANFLETO



Trecho reproduzido na íntegra - A vitória do Niilismo - Época - pág. 11 - 13/05

O roqueiro Lobão alcançou algum sucesso nos anos 1980, mas não faz uma canção de valor há pelo menos dez anos.

Conseguiu volta à tona, com a publicação de O manifesto do nada na terra do nunca. No livro ele ataca  tudo e todos, exibe um "punch" invejável, mas uma desastrosa deficiência nos argumentos. Conseguiu provocar reações agressivas de muitas celebridades que atacou.

Houve quem tentasse encontrar conteúdo no libelo. Não há como fazê-lo.

COMENTÁRIO

No mais, a REVISTA afirma que Lobão tentou se promover através de afirmações ácidas, e chama o livro de "panfleto". Diz ainda a revista que a repercussão que o livro obteve se dá por conta do momento de indigência cultural do Brasil.

Deve mesmo ser muito ruim o tal livro. Mesmo atacando o PT e a presidente Dilma, a revista não gostou.

NOVA VIA

Nenhum comentário: