20 de jun de 2013

Tirem os R$ 0,20 e a inflação fica a pé


Por: Fernando Brito
Quando a direita e a mídia dizem que é a inflação “em disparada”  que está provocando os protestos contra o aumento das passagens, deveriam dizer que a inflação em São Paulo seria quase zero se não tivesse havido o reajuste de ônibus, trens e metrô.


Leia esta nota do Estadão:
“O contestado reajuste nas passagens de ônibus, metrô e trens já trouxe importante impacto para o bolso do paulistano, conforme levantamento realizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) por meio do Índice de Preços ao Consumidor (IPC). Na pesquisa do instituto referente à segunda quadrissemana do mês (últimos 30 dias terminados em 15 de junho), a soma de todos os impactos de alta relacionados ao aumento no transporte coletivo representou 0,15 ponto porcentual, ou 83,33%, de toda a inflação do período, de 0,18%. “São cinco sextos do total”, disse o coordenador do IPC, Rafael Costa Lima.”
A Fipe, como se sabe, é um órgão ligado à USP, de alta credibilidade. Alguém consegue ver a inflação em disparada no gráfico aí embaixo? 

fipe

NOVA VIA

Nenhum comentário: